Dieta Enteral Industrializada vs Dieta Enteral Artesanal

Espessantes e a Disfagia em Idosos: O que é e como identificar?
outubro 29, 2020
Alzheimer o que é, sintomas e tratamentos
Alzheimer o que é, sintomas e tratamentos
janeiro 11, 2021
Autores

Dieta Enteral Industrializada vs Dieta Enteral Artesanal

Dieta Enteral Industrializado vs Dieta Enteral Artesanal

Dieta Enteral Industrializado vs Dieta Enteral Artesanal

Existem situações clínicas nas quais o paciente apresenta alguma restrição em receber a alimentação pela via oral. Os motivos que os impedem de se alimentar por essa via podem ser variados, como: cirurgia ou distúrbios no trato gastrointestinal, disfagia severa, lesões no sistema nervoso central, depressão, cirrose, câncer, grandes queimaduras, tratamento em terapia intensiva e nascimento prematuro. Nestes casos, se faz necessário oferecer uma alimentação artificial. Caso o paciente esteja com o trato gastrointestinal funcionando, daremos preferência a dieta enteral por ser mais fisiológico. Veja a diferença entre a dieta enteral industrializada x dieta enteral artesanal: 

Dieta Enteral Industrializada 

As dietas industrializadas são práticas, nutricionalmente completas e oferecem maior segurança quanto ao controle microbiológico e composição centesimal. Apresenta um custo-benefício interessante, além de apresentar menor risco de contaminação microbiológicas. Devido a menor manipulação. Independente disso, também é importante que o cuidador ou manipulador das dietas receba as orientações necessárias para que sejam minimizados os riscos de contaminação durante o preparo, manuseio e administração. 

Dieta Enteral Industrializada em pó: É uma dieta que deve ser diluída em água e fornece todos os nutrientes necessários para atender as necessidades nutricionais e para manutenção da saúde.  

Dieta Enteral Industrializada Líquida: É uma dieta pronta para o uso, fornece todos os nutrientes necessários para atender as necessidades nutricionais e para manutenção da saúde. Há produtos para diversas situações especiais, tais como: Diabéticos, Doenças Renais, Cicatrização, Hepatopatias, dentre outros. 

Dieta Enteral Caseira 

São preparadas com alimentos in natura, tais como: leite, arroz, óleo vegetal, ovo, carnes, farinhas, frutas, legumes etc. Os alimentos devem ser bem cozidos, liquidificados e coados para serem administrados na sonda enteral. Muitas vezes é necessário acrescentar módulos industrializados de carboidratos, proteínas e gorduras para atingir as necessidades nutricionais necessárias diárias. É essencial seguir a prescrição do profissional Nutricionista para não ter défice de nutrientes e calorias. Vale ressaltar que as dietas caseiras têm uma maior chance de contaminação devido maior manipulação e higiene do local e do manipulador. 

É importante que o cuidador ou o responsável pelo preparo da dieta enteral, receba orientações quanto ao manuseio correto das preparações, manipulação, armazenamento e administração das dietas enterais, prevenindo a possível contaminação microbiológica. A contaminação microbiológica pode prejudicar seriamente a evolução clínica destes pacientes.  

É essencial seguir a prescrição do profissional Nutricionista para não ter défice de nutrientes e calorias. 

No site da E-nutri você encontrará diversas opções de dietas enterais industrializadas entre uma variedade de outros produtos, então acesse www.enutri.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Fale com nossas Nutricionistas!