O que é a síndrome metabólica?

Óleo de Árgan
Cuidados com o cabelo: os benefícios do óleo de argan
janeiro 13, 2020
creatina
Creatina: saiba como funciona e seus benefícios
fevereiro 11, 2020
Autores

O que é a síndrome metabólica?

Sindrome metabolica

Sabemos que maus hábitos alimentares podem acarretar a várias complicações a nossa saúde física e mental. Com isso, a atenção com certos problemas deve ser dobrada, pois alguns deles podem levar a doenças mais sérias, e um bom exemplo disso é a síndrome metabólica.

Considerado um problema grave, a síndrome atinge pessoas obesas e de mais idade e é preciso cuidado em casos de surgimento de alguns fatores de risco. Não conhece a síndrome metabólica e não sabe quais são os riscos que ela apresenta? Continue a leitura e aprenda.

Entendo a Síndrome Metabólica

Associada a obesidade e ao sedentarismo, a Síndrome Metabólica ou Plurimetabólica, é um conjunto de fatores de risco que se manifestam em uma pessoa, aumentando as chances de desenvolver doenças cardiovasculares, vasculares periféricas e diabetes.

A síndrome tem como base a resistência à ação da insulina, obrigando o pâncreas a produzir ainda mais insulina e elevando o nível no sangue.

Fatores de risco e o diagnóstico

Segundo o Ministério da Saúde, existem algumas situações que propiciam o surgimento da síndrome metabólica, em que, apresentar três ou mais dos fatores de ricos abaixo pode significar a presença do problema:

– Excesso de gordura abdominal- em mulheres, cintura maior que 88 cm e em homens com mais de 102 cm;

– Glicose elevada: 110mg/dl ou superior;

– Alto nível de triglicerídeos no sangue (nível de gordura): 150mg/dl ou superior;

– Baixo HDL (“Colesterol bom”): em mulheres, menos que 50mg/dl e nos homens, menos que 40mg/dl

– Hipertensão arterial: 135/85 mmHg ou superior;

Sintomas

Nenhum fator de risco que pode indicar a síndrome metabólica provoca sintomas, mas eles podem levar a doenças cardiovasculares gravíssimas. Por essa razão, em casos de obesidade e sedentarismo o acompanhamento médico com exames regulares é fundamental.

Idade mais afetada

A manifestação da síndrome começa na idade adulta ou na meia-idade, aumentando as chances do aparecimento com o avanço da idade. Embora acometa mais os homens com mais de 50 anos, mulheres com ovários policísticos também estão sujeitas a desenvolver a síndrome, mesmo não apresentando o quadro de obesidade.

Tratamento

Como o aparecimento do problema está associado a obesidade, a boa alimentação, a prática de atividades física e, consequentemente, a perda de peso, são as melhores formas de tratar a síndrome metabólica.

 Entretanto, procurar um endocrinologista é muito importante para que ele avalie se será necessário o uso de algum tipo de medicamento, como para pressão alta, para baixar o nível de gordura no sangue, etc.

O cuidado com o nosso corpo e manter uma alimentação adequada e saudável, juntamente com a prática de atividades físicas, é essencial para manter sempre a nossa saúde em dia. Gostou de saber mais sobre o assunto? Continue acompanhando nosso blog e aprenda ainda mais sobre temas relacionados ao bem-estar físico e mental do nosso corpo.

Download

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Fale com nossas Nutricionistas!