Para que servem os espessantes alimentares?
dezembro 7, 2018
Hipertrofia muscular: o que é e como acontece?
dezembro 14, 2018
Autores

Os erros comuns na alimentação das crianças.

Muito se fala sobre a hipertrofia muscular, porém, poucos tem um conhecimento verdadeiro sobre ela e como ela realmente acontece. Por isso, vamos sanar algumas dúvidas comuns e que vemos frequentes por aí...

De fato, a fase de crescimento das crianças exige que elas tenham uma alimentação saudável para um bom desenvolvimento. É muito comum, a partir de uma determinada idade, que elas apresentem uma falta de apetite e, por isso, esse problema faz com que os pais se desesperem e cometam alguns erros na alimentação dos pequenos.

Alguns sinais indicam que as crianças não estão se alimentando bem como dores de cabeças, perda ou aumento de peso, falta de energia para estudar ou brincar e pele seca. Sabemos que ensiná-las a se alimentarem bem não é uma das tarefas mais fáceis, porém, se passarmos a observar alguns erros isso já facilitará todo o processo. Para descomplicar a observação, separamos os erros mais comuns e que são importantes de serem evitados:

1- Excesso de açúcar: refrigerantes e doces em exagero faz com que as crianças se acostumem e não queiram comer nada além disso. O açúcar é muito atrativo para o paladar e por isso, só deve ser oferecido esporadicamente. Outro fator importante é que eles não sejam entregues como recompensa, assim elas sempre farão “chantagem” para que eles sejam concedidos.

2- Substituir a água por sucos ou refrigerantes: a água é primordial na vida de qualquer pessoa, seja adulta ou criança. Por isso, o hábito deve ser criado desde cedo e para isso, ela não deve ser substituída, principalmente por refrigerantes, que viciam e podem ser um grande problema futuramente.

3- Forçar a comer: é comum muitas mães se desesperarem quando o filho perde o apetite e por isso, faze ele comer mesmo sem fome. Essas situações devem ser evitadas ao máximo, a boa alimentação deve ser ensina e estimulada, não forçada. Quando isso acontecer, uma ótima solução é montar desenhos no prato com as comidas de um jeito bem colorido, isso chama a atenção dos pequenos e estimula a alimentação saudável.

4- Oferecer muitos vegetais da mesma forma: para as crianças, muitos legumes e verduras não possuem uma aparência atrativa e isso faz com que elas rejeitem de primeira esses alimentos, por isso, apresentá-los da mesma maneira faz com elas tenham o mesmo comportamento para todos. Para que essa atitude mude, a forma de apresentar os alimentos deve ser diferente, fazendo com que elas pelo menos experimentem e saibam o que gosta e o que não gostam.

5- Não criar uma rotina: não ter uma rotina alimentar faz com a criança se acostume a comer o que quer na hora que quiser. Isso causa inúmeros problemas como anemia, obesidade e outras doenças que interferem na saúde. Por isso, uma rotina deve ser estipulada e apresentada para que ela acostume e saiba o quanto é importante o horário das refeições.

Uma boa alimentação colabora diretamente para a saúde das crianças e evita certas doenças, por isso, verifique se esses fatores estão se tornando presentes na rotina de seu filho, caso sim, comece as mudanças e o incentive a se alimentar melhor e ter uma vida saudável.

Download

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Fale com nossas Nutricionistas!